Criadores de caprinos de Nova Fátima aumentam criação e lucram 66,6% a mais com a venda de animais
10/06/2021 06:30 em CALDEIRAO GRANDE

Criadores de caprinos de Nova Fátima aumentam criação e lucram 66,6% a mais com a venda de animais

 

Os agricultores familiares da Associação Comunitária dos Pequenos Produtores Rurais de Pituba, do município de Nova Fátima, no Território Bacia do Jacuípe, comemoram o aumento na criação de caprinos e o incremento de 66,6% na venda dos animais. A associação conta com o apoio do Governo do Estado com ações de fomento à criação de caprinos e ovinos. 

Por meio do projeto Bahia Produtiva, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), foram investidos R$421,8 mil na implantação de abrigos rústicos, cisternas de tela, unidade de propagação de palma, aquisição de reprodutores, máquina forrageira e outros equipamentos.  

O resultado dos investimentos já estão sendo colhidos na comunidade. Antes, cada família tinha uma média de cinco cabeças e o animal era vendido a R$12. Hoje, a média chega a 12 cabeças por família e o valor de venda passou para R$20.  

A agricultora Celina Souza Reis é uma das beneficiadas e comemora os investimentos na comunidade: “Melhorou muito nossa vida. Temos o aprisco para o animal ser melhor criado, a cisterna está ajudando tanto a gente quanto os animais, a forrageira ajuda na ração, os carneiros com raça boa melhoraram nossa produção e, com tudo isso,  estamos vendendo melhor e tendo um dinheirinho a mais na renda”.  

O Bahia Produtiva é executado CAR, empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial, e está investindo R$58,1 milhões na caprino-ovinocultura em todo o estado, na base de produção, qualificação do rebanho e acesso ao mercado, beneficiando 3.753 famílias. São ações que vão desde a construção de abrigos para os animais até a implantação de agroindústria.  

Somente para o Território Bacia do Jacuípe estão sendo destinados R$14,9 milhões, levando melhoria de vida e renda para 532 famílias de agricultores familiares.  



Assessoria de Comunicação SDR/CAR 

COMENTÁRIOS