Na articulação pela presidência da fusão DEM/PSL na Bahia, Azi prega cautela e deve desbancar plano B de Elmar
28/09/2021 07:14 em Justiça

O atual presidente o DEM da Bahia, deputado federal Paulo Azi, pregou cautela ao comentar questionamento do BNews sobre como ficaria a chefia da sigla no Estado após a fusão DEM e PSL. 

O democrata, pelo apurado, deve seguir no comando estadual da nova legenda, o que desbancaria Elmar Nascimento (DEM), de olho na mesma cadeira, caso a liderança da agremiação na Câmara Federal não vingue. O assunto foi tratado na semana passada pela coluna Na Sombra do Poder

“Vamos discutir, vamos conversar . Tanto os colegas do DEM quanto a deputada do PSL, Dayane Pimentel, reúnem qualificações para assumir o comando do partido, mas no momento certo, quando for consolida a fusão, vamos definir isso”, afirmou na segunda-feira (27) durante inauguração do Horto Camaçari. 

Leia Mais: Para ACM Neto, foco da fusão DEM/PSL é lançar candidato a presidência da República

Questionado se existiria algum atrito entre as sigla, negou. “Não tem isso. Vai ser harmônico, lógico que o DEM na Bahia é maior que o PSL, mas temos relação muito boa e não haverá dificuldade”. 

Classificação Indicativa: Livre

COMENTÁRIOS