Sesab chega à sexta semana sem secretário titular e oposição dispara: “governo da letargia”
14/09/2021 07:40 em Coronavírus

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) chega, nesta terça-feira (14) à sexta semana sob comando interino desde que o ex-secretário Fábio Vilas-Boas entregou carta de exoneração no dia 3 de agosto

Desde então a vacância é provisoriamente preenchida pela subsecretária Tereza Paim, que também passou a acumular a função de chefe de gabinete da pasta.

A falta de definição para uma secretaria estratégica, especialmente durante a pandemia, tem sido alvo de críticas por parte de integrantes da bancada de oposição, como o deputado Alan Sanches (DEM), que classifica o quadro como “letargia” do governo Rui Costa (PT).  

“Já passou da hora do líder do grupo se posicionar e escolher um nome para ocupar o posto de tamanha importância, em especial nesse momento de crise sanitária e não se manter nesse estado rotineiro de letargia, que incomoda até seus próprios aliados”, dispara Sanches, que integra a comissão temática de Saúde na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

 

COMENTÁRIOS